Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

O vídeo: um instrumento didáctico

"A tecnologia vídeo apresenta enormes vantagens, pois engloba em si vários meios e funções, embora tenhamos de ter consciência de que o uso didáctico do vídeo não pode substituir, nem o professor nem os outros meios audiovisuais. O vídeo surge como meio compensatório, pois permite multiplicar as opiniões sobre uma mesma realidade, fazer ampliações, repetição e organização da percepção." in Educatic.

Recentemente comecei a trabalhar com o Camtasia.   O Camtasia Studio é um software de criação de vídeo, que permite que o usuário crie vídeos, como tutoriais, capturando a tela do computador.

Ainda  não é um trabalho meu que aqui trago.....fica para breve....

O vídeo seguinte ilustra como trabalhar neste sedutor software.....



Seduzido?    Comece a usar e comente aqui os seus trabalhos.....
publicado por dom.bacelar às 16:28

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Junho de 2007

As TIC e as Pessoas Especiais

Sou dos que reconhecem que as TIC podem ser um contributo válido no processo ensino/aprendizagem.

Mas  outra grande potencialidade das TIC é atenuar o isolamento das pessoas com necessidades especiais promovendo a sua autonomia e facilidade de comunicação.


A notícia seguinte é mais um passo nessa direcção


"UTAD desenvolve modo de comunicação para pessoas que só mexem os olhos

Imagem
 Imagem
Troca de mensagens escritas para telemóveis e controlo de televisão

Um sistema para comunicação com doentes que apenas conseguem movimentar os olhos é um dos projectos dirigidos a pessoas com necessidades especiais que o Centro de Engenharia de Reabilitação, da universida de Vila Real, desenvolve há cinco anos. O engenheiro e investigador Francisco Godinho disse hoje à agência Lusa que o Centro de Engenharia de Reabilitação em Tecnologias de Informação e Comunicação (CERTIC), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), apoia actualmente quatro doentes "cuja comunicação está limitada ao movimento dos olhos" nos hospitais de Vila Real, Viseu, Lisboa e Açores. "O sistema de comunicação pela íris preparado pelo CERTIC permite, entre outras actividades, a comunicação presencial, troca de mensagens escritas para telemóveis e controlo de televisão", explicou Francisco Godinho.

Fonte:Lusa      24 / 11 / 2006

 

Se quiser saber mais sobre as TIC na Educação de Crianças com necessidade s educativas especiais clique aqui.


Dada a relevância deste tema brevemente voltarei aqui a  abordar o potencial contributo das TIC para uma sociedade mais inclusiva.

publicado por dom.bacelar às 23:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 20 de Maio de 2007

Caça ao tesouro - uma metodologia de pesquisa na WEB

É consensual afirmar-se que há muita informação na Internet . Uma forma dos professores mobilizarem essa informação para propiciar aprendizagem nos seus alunos é dizer-lhes "pesquisem na Internet". No entanto quando esta pesquisa é feita  sem orientação e objectivo os resultados são geralmente pouco satisfatórios.  Por isso é preciso ter "método" para usar a Internet na educação. Um desses métodos é organizar desafios sobre um tema num formato que se assemelha às famosas caças ao tesouro.   

         O esquema ao lado ilustra o processo de uma caça ao tesouro. O esquema assemelha-se a um chapéu, em que a “big question”, colocada no cimo do chapéu adquire uma função aglutinadora ao despoletar a descoberta para as questões de índole mais específica, convertendo-se, deste modo, num jogo lúdico e motivador até chegar ao tesouro, o qual engloba as informações que o caçador pretende buscar. A base do chapéu simboliza a consistência e a ampliação das aprendizagens efectuadas aquando do percurso virtual realizado pelo caçador do tesouro.

A caça ao tesouro  é então um modelo de organização das informações para usos estruturados dos recursos da Internet na educação. Consiste na colocação de desafios de busca de informações e dados na Internet, propondo um conjunto de questões cujas soluções dependem de leitura e interpretação dos recursos seleccionados para a actividade.

Enquanto actividade educativa baseada na   Web uma Caça ao Tesouro tem fundamentalmente dois objectivos de aprendizagem:

  • Aquisição de conhecimentos específicos

  • Desenvolvimento de competências de pesquisa e selecção de informação relevante

De acordo com J.M. de Carvalho (Noesis, 1999) uma caça ao tesouro consiste num conjunto de questões  que podem ser respondidas  se acedermos a "sites" que contenham a informação necessária. 

É, portanto, uma actividade orientada, mas com um certo grau de flexibilidade, na medida em que permite que os caçadores dêem um sentido global às pesquisas que encetarem.

Em vez de cingir-se apenas à busca de informações em recursos Web, o modelo procura também apresentar aos alunos missões que decorrem de alguns dos conteúdos investigados. Tal inovação pretende dar ao modelo uma dinâmica característica dos aspectos lúdicos das caças ao tesouro em geral.

 

  Exemplos de Caças ao Tesouro

Ilhas na Euuropa - Uma caça ao tesouro com os Açores como pano de fundo

Black History- past to present: an interactive treasure hunt

The treasure of China


Em Portugal o modelo também pode ser designado por  MapQuest. Uma sub-espécie deste modelo tem vindo a ser desenvolvida  no Brasil por iniciativa do Doutor Jarbas Novelino Barato que a apelidou de  WebGincana.

Se quiser  saber mais sobre o  conceito de WebGincana  clique aqui

Para ver algumas das WebGincanas produzidas por alguns dos alunos do Doutor Jarbas Barato clique aqui.


Leia mais em:

WebGincana a Caça ao Tesouro na Web

Objectivos Educacionais do Modelo WebGincana

 

Aproveito para agradecer ao Doutor Jarbas Novelino Barato as informações, que gentilmente me ofereceu, relativas às WebGincanas.

 

 

 

publicado por dom.bacelar às 02:08

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

O Computador ao serviço de um ensino mais individualizado.

Muitas são as aplicações dos computadores em sala de aula. No entanto uma das mais fascinantes é a permitida pelo software de partilha tipo o NetOP School.

Mas o que é o NetOP School?

O NetOP School é um software da firma Dinamarquesa “Danware Data A/S” e que apresenta as seguintes funcionalidades:

  • Possibilitar aos alunos melhores condições de visualização dos conteúdos apresentados pelo professor, projectando-os no ecrã dos alunos;
  • Proporcionar ao professor mecanismos para difusão e recolha de informação(ex: exercícios, exames, etc…);
  • Optimizar a “lacuna” relativa à insuficiência de projectores vídeo;
  • Assegurar aos professores o controlo dos computadores (teclado/rato) durante a sessão.
  • Controlar, durante a sessão, as actividades de parte ou totalidade dos utilizadores da sala;
  • Comunicar com um ou mais alunos sem interromper os restantes (apropriado para exames);
  • Apresentar o ecrã do professor, ou o ecrã de um qualquer aluno, aos restantes alunos;
  • Acompanhar o decorrer dos trabalhos dos alunos;
  • Distribuir ficheiros por todos os computadores dos alunos;
  • Recolher informação dos computadores dos alunos;
  • Executar aplicações num, em vários, ou em todos os computadores dos alunos;
  • Responder a solicitações de ajuda privadas;
  • Controlar o teclado e rato dos computadores dos alunos;
  • Realçar no ecrã os itens mais importantes;
  • Organizar a sala / grupos de alunos;
  • Suporte para difusão bidireccional de áudio pelos vários alunos;
  • Restart / Shut Down e Logoff aos computadores da “sala”.

Painel de controlo disponibilizado ao professor


publicado por dom.bacelar às 22:14

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

As TIC e os professores

As Novas Funções dos Professores

Os professores vivem numa encruzilhada. Muitas acham até que vão acabar substituídos por computadores. Alguns chegaram a apelar para que os professores deixassem de assumir a posição, se é que ainda a têm, que são os detentores da verdade científica, técnica, humanística e artística, e adoptem uma atitude socrática: humildade perante a vastidão e a constante criação do saber. Quando se trata de definir as novas funções dos professores, sucedem-se as ideias do que estes devem ser:

Catalisadores da procura do conhecimento.

Gestores da informação

Mediadores entre o aluno e o mundo caótico da informação.

Auxiliadores na estruturação da diversidade das experiências.

Mestres no sentido socrático, isto é, partes activas na procura do saber, tendo como única certeza as limitações do seu próprio saber.

Facilitadores no acesso à informação, mas sobretudo, não se deve reduzir a meros transmissores de conhecimentos.

Volta-se em suma, à antiquíssima figura do professor como o companheiro mais velho, mas nem por isso menos exigente quanto a modo como se caminha na procura do saber.


texto retirado de



Abordando a postura dos professores perante as TIC e outros temas educativos a página Web   Navegando na Educação da autoria de Carlos Fontes e aqui acessível, é uma referência para todos os que se interessam pela educação.

publicado por dom.bacelar às 00:53

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

eTwinning- Parcerias entre escolas na Europa




eTwinning é uma iniciativa destinada à colaboração entre escolas, usando a Internet, com escolas parceiras de outros países europeus.

eTwinning é a principal acção do Programa eLearning da União Europeia. Promove a colaboração educativa na Europa, através do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), disponibilizando apoio, ferramentas e serviços, de forma a facilitar as parcerias de curta ou longa duração e em qualquer área disciplinar.

Esta iniciativa, a que a Escola E. B. 2 e 3 André Soares já aderiu, é uma óptima oportunidade de mobilizar o potencial da Internet para promover a construção de projectos escolares abrangendo vários países. Dotado de verbas para a realização dos projectos a concurso é uma aposta séria na promoção de uma identidade europeia.
Caso esteja interessado em saber mais clique aqui.
publicado por dom.bacelar às 23:59

link do post | comentar | favorito
|

."O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele." Immanuel Kant

.pesquisar

 

.Recurso a analogias

.Cuidados no uso de analogias

.posts recentes

. O vídeo: um instrumento d...

. As TIC e as Pessoas Espec...

. Caça ao tesouro - uma met...

. O Computador ao serviço d...

. As TIC e os professores

. eTwinning- Parcerias entr...

.links

.arquivos

. Junho 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Março 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

Estou no Blog.com.pt

.Veja esta página em Inglês

.tags

. todas as tags

.Cuidados no uso de analogias

blogs SAPO

.subscrever feeds